Pintar para não stressar…Arteterapia.

Abril 25, 2017

Olá!

Quantos de vocês sentem stress com todas as tarefas e obrigações diárias que surgem?!

Pois é, comigo isso também acontece, apesar de eu própria adorar viver sob stress. Sinto como se este “estado”, por assim dizer, me “obrigue” a “andar na ordem”.

No entanto, sendo eu uma pessoa curiosa, por natureza, decidi experimentar algo que já muitas pessoas usam para fugir ao stress- Livros de Pintura para Adultos.

Comprei vários livros de pintura e lápis de cor, colocando alguns na mala para ter à mão durante algum tempo.

Johanna Basford é considerada uma grande impulsionadora desta “moda”, tendo lançado o seu primeiro livro em 2013 (Jardim Secreto). Cliquem no nome da autora para visualizarem o seu Blog e as suas obras.

Em Portugal terá sido a Editora Lua de Papel a primeira a publicar um destes livros com o nome Mindfulness- Livro para Pintar.

E agora a minha experiência com os livros de pintura para adultos: – Depois de ter passado alguns meses com os livros na mala a fazer peso e de os pintar pontualmente para viver a mesma experiência que milhares de pessoas em todo o mundo, descobri que detesto pintar na cor verde e que depois de pintar as cores mais alegres, perco o interesse. Há quem diga que a forma de pintar pode dizer muito acerca do nosso estado mental. Não gostar de pintar verde significará que sou louca?! Bom, se assim for, não teremos todos um pouco de loucura?! Ahahahah

Falando mais a sério, este não é de facto o tipo de distracção que prefiro ou que me conquiste, no entanto houve alturas em que adorei e conheço muita gente que iria amar pintar estes desenhos.

De facto, enquanto estamos a pensar que “não podemos pisar o risco” no livro, também não pensamos se andamos ou não “a pisar o risco” na vida real. Ahahah

Ainda vos quero informar que se não querem gastar dinheiro nos livros e/ou nos lápis, poderão sempre descarregar app’s da playstore para o telemóvel, que vos permitem pintar apenas tocando no ecrã.

Experimentei duas: A Colorfy e a Momi Coloring.

Apesar de gostar bastante do Momi Coloring, tenho que vos confessar que não é tão entusiasmante como pegar no lápis e “pisar o risco”. São app’s demasiado perfeitas na minha opinião.

Espero que tenham ficado curiosos, como eu, e que experimentem. O mundo não seria uma pasmaceira se todos gostassem do mesmo?! Fica a dica!

Até mais!

Você também pode gostar de

Sem Comentários

Comentar